O mercado precisa estar preparado para o Marketing Digital

O mercado precisa estar preparado para o Marketing Digital

Marketing Digital  – Por Priscila Soares Falchi

Redes Sociais

Redes Sociais

Se fizermos uma retrospectiva sobre a evolução da internet, veremos que primeiro veio e-mail, depois a necessidade de das empresas possuírem websites institucionais.

Em seguida vieram os portais dinâmicos para a interação do usuário e geração de conteúdos colaborativos que fizeram com que a voz do cliente passasse a ser ouvida.

Enquanto o mercado ainda estava se voltando para as mudanças nas mídias online, explodiu a revolução das redes sociais.

Hoje com a mobilidade e a facilidade de acesso à Internet, surgem novas ferramentas a cada dia.

A velocidade com que essas mudanças acontecem levam a maioria das empresas a sentirem-se quase impotentes diante da dificuldade de acompanhar o ritmo do seu público alvo e se adaptarem a esta evolução.

Grande parte dos profissionais de marketing com os quais nos relacionamos relatam não estarem preparados para traçar estratégias de Marketing Digital.

As empresas hoje precisam estar atentas à importância do Marketing Digital e assimilar a mudança de cultura do mercado impulsionada pela Internet. Seus clientes estão lá, assim como os seus concorrentes.

A razão pela qual o marketing na internet é tão poderoso é que há uma infinidade de canais de comunicação disponíveis para uso, sendo a maioria gratuita.

Entre estes canais estão as redes sociais, os portais próprios, as campanhas de e-mail, os resultados de pesquisa nos sites de buscas (orgânicos e pagos- Adwords), geração de conteúdos em microblogs como o Twitter, blogs, lojas on-line , motores de meta e desenvolvimento de aplicações, entre outros.

O primeiro passo para traçar uma estratégia de Marketing Digital é conhecer os canais disponíveis e analisar quais os mais adequados ao que se deseja comunicar. Depois devem ser determinados os mais utilizados pelos seus clientes e prospects. Por fim, saber quais os mais utilizados pelos seus concorrentes.

Com relação à concorrência, você não pode querer começar um novo blog, se um concorrente já criou um com sucesso ou não querer usar o Twitter ou o Facebook se menos de 1% tem o hábito de utilizá-los.

Uma vez escolhidos os meios a serem utilizados é muito importante determinar pelo menos um recurso na equipe dedicado ao acompanhamento, geração de conteúdo e relacionamento full time com os usuários.

Não adianta iniciar ações de Marketing Digital se não houver dedicação, métricas e análise de resultados.

Hoje as empresas que já desenvolvem estratégias de relacionamento on-line chegam a investir cerca de 10% de seu budget de Marketing nessas ações.

Sobre o Autor

marketing administrator

Deixe uma resposta